A MANEIRA MAIS FÁCIL DE PROGRAMAR POSTAGENS

No Facebook, Twitter, Linkedin e Pinterest


Teste agora!

Postcron é a Maneira Mais Fácil de Programar Postagens no Facebook, Twitter e Google+ Experimente Grátis

Como criar um infográfico atrativo e completo em pouquíssimo tempo? Dicas, Conselhos, Ferramentas e Templates para download

Por María Eugenia Guidara | Escritor em Postcron.com

Você tem pensado sobre como fazer um infográfico tão genial que as pessoas não consigam deixar de olhar uma e outra vez? E quer fazer isso no menor tempo possível? Pare de sofrer! Este objetivo não está tão longe assim!

Neste post, reunimos recomendações dos melhores designers de infográficos do mundo. Vamos dar uma olhada?.

Infografia: A nobre arte de representar informações visualmente

infografico-pt

A Primeira recomendação que você não deve esquecer nunca (palavra dos designers gráficos mais importantes do mundo):

O que é infográfico? Acima de tudo, é uma ferramenta

Claro. Parece lógico. No entanto, essa verdade é muitas vezes esquecida completamente.

Um infográfico serve para sintetizar informações. A sua principal função é a síntese de dados visuais. Pra que serve? Para ajudar o cérebro do seu leitor a melhorar a sua compreensão de algumas informações ou fatos. Acontece que “a visualização das informações acontece no cérebro do leitor” (veremos mais sobre isso no ponto 4).

Há muitos infográficos que não só não ajudam o leitor, mas que também confundem mais ainda. Basta colocar a palavra “best infographics” no Google (vá lá, experimente procurar) para ver centenas de exemplos de infográficos. O que acontece em praticamente todos os resultados que você encontra? Simplesmente não funcionam como ferramentas.

Dá uma olhada neste exemplo de infográfico da Red Pepper sobre “The history of Social Media”.

infographic-about-internet-history

Sem dúvida, é atraente e chama a atenção. Fontes legais, boa escolha de cores, informações bem diagramadas, parece ótimo, mas, efetivamente: essa peça de conteúdo visual permite ao leitor compreender rapidamente as diferentes etapas da história de social Media de forma clara e inteligível? Lamentavelmente, não. O que você vê à primeira vista é uma confusão de letras e números difíceis de compreender. Não funciona como ferramenta, tem uma função mais estética.

 

  1. Não enfoque demais na estética do seu infográfico.

A prioridade é comunicar, informar. A forma complementa a função.

Neste ponto, praticamente todos os melhores infografistas do mundo pensam parecido, menos quando o Infográfico é planejado diretamente como uma obra artística.

Mas, quando queremos criar um infográfico, a estética deve dar passagem à funcionalidade. O foco tem de ser colocado na estrutura da apresentação, na integridade dos dados (deve estar relacionados entre si) e na eficácia da comunicação. Se um infográfico pode ser atraente e divertido? Claro que sim!

Mas, sem dúvida, a chave dedicar o tempo necessário para:

 

  • Selecionar a informação
  • Organizar
  • Hierarquizar
  • Criar conexões

 

…e então encontrar formas de apresentar estas informações graficamente.

Antes de escolher as formas ou recursos gráficos que você vai usar para representar os dados, você deve se perguntar qual é a função do seu infográfico, o que você quer que seus leitores ou os usuários  aprendam a partir dessa peça de conteúdo visual.

Alberto Cairo diz o seguinte: “A função não determina a forma, mas restringe os tipos aspecto que os dados visuais podem assumir“.

Basicamente, quando você encara a tarefa de fazer um infográfico, é importante dar respostas aos seus leitores sobre o principal assunto tratado. Para isso, você tem que pensar o que  os leitores poderiam perguntar.

Eles vão querer relacionar os dados? Será que eles vão querer comparar e classificar? Ou somente vão tentar ter uma noção geral do tema? Ok, nós sabemos o que você está pensando. Que você não é adivinho e não tem como saber exatamente o que seu leitor quer saber. Mas imagino que você trabalha para uma marca X e o público alvo já é mais ou menos conhecido – ou muito definido. Assim, você pode antecipar o que eles vão querer aprender com o seu infográfico.

Este processo vai lhe ajudar a decidir que tipos de recursos gráficos você deve incluir no seu projeto. Pode até ser que você precise variar as formas de apresentar as informações para responder todas as diferentes perguntas dos leitores. Nunca, nunca limite a sua criatividade!

Se quiser fazer um bom infográfico, você tem que ser capaz de eliminar o desnecessário para privilegiar o que realmente importa. Um bom exemplo disso são os infográficos jornalísticos. Elas se baseiam nas famosas cinco perguntas: O quê, Quem? Quando? Onde? Como?

Mostramos aqui um exemplo do infográfico da baleia:

HW_Infographic_GeneralFacts

 

 

  1. Não pense somente em apresentar a informação,

Pense também em transformar o seu infográfico em uma ferramenta de informações para o seu leitor.

Como você vai conseguir fazer isso? Existem vários segredos, que podem ser classificados de acordo com o tipo de infográfico:

  • Infográfico de Estatísticas:

Tem a ver com números. E quando a temática permite, as estatísticas costuma ser excelentes recursos gráficos.

No artigo “Graphical Perception: Theory, Experimentation, and Application to the Development of Graphical Methods“, dois pesquisadores, William S. Cleveland e Robert McGill, apresentaram o que chamaram de tarefas perceptivas elementares: Dez métodos para codificar dados visuais. Classificam-se numa escala de “melhor a pior”. Os primeiros da lista são os que o cérebro melhor interpreta e compreende.

IMAGEN-09-elementary-tasks

De acordo com esta escala, os gráficos de barras (os três primeiros da lista) são os melhores se você quer que seu leitor faça comparações mais precisas sem ter que fazer que o cérebro trabalhe muito. O cérebro tem dificuldade de comparar curvas, ângulos e direções.

Sem dúvida, as barras ajudam a comparar melhor. Já no caso das bolhas, a diferença praticamente passa despercebida. Os três últimos itens da lista (curvatura, o tom / intensidade da cor, saturação da cor) podem ser usados para dar uma visão mais geral, intensificando padrões de comportamento ou para mostrar tendências.

Existem inúmeras ferramentas disponíveis na web para criar este tipo de gráfico. Por exemplo:

  • Kid´s Zone. Criador de gráficos online. Permite que escolher, por exemplo entre estes tipos de gráficos:

infográfico

 

  • Chart Chooser. Planilhas gratuitas de gráficos estatísticos no Excel e Power Point.

 

Esta não é a única forma de mostrar dados estatísticos. Olhe para este infográfico genial, de Jaime Serra

IMAGEN-11-INF.-SALARIOS

 

 

  • Infográficos de “Timeline” (linha do tempo):

É muito fácil perceber que o objetivo é mostrar progressivamente uma informação durante um determinado intervalo de tempo. Lembra do infográfico que vimos  sobre a História da Mídia Social? Era uma oportunidade perfeita para usar esse formato. Dá uma olhada nesta timeline da Adweek, muito mais fácil de entender, não acha?

infográfico

  • Infográficos de processos:

É o tipo de infográfico você tem que usar quando seu objetivo é mostrar um processo ou mesmo para demonstrar o funcionamento de um objeto. Um claro exemplo  e que tem tudo a ver com o artigo: visualizar o processo de criação de um infográfico.

infográfico

  • Infográficos informativos:

Naturalmente, todos os infográficos são informativos. Mas os que efetivamente recebem este nome são aqueles que têm como objetivo apresentar informações com maior quantidade de texto (nem sempre é exatamente assim) e utilizam um formato gráfico tipo cartaz. Aqui está um exemplo de infográfico informativo da CreativeMarket.

infográfico

 

  • Infográficos de Geografica:

Como o nome sugere, são infográficos que usam mapas para exibir informações. Deixamos aqui algumas ferramentas para criar ou fazer download de mapas geográficos.

  1. UMapper.
  2. Xpeditions Atlas (National Geographic). É um gerador de mapas mundial, em GIF ou PDF. Não deixe de provar a sua ferramenta que cria mapas interativos.
  3. Worldmapper. É uma coleção de mapas, organizados por categoria. Ou seja, com apresentação de números e porcentagens tais como população, saúde, pobreza, violência, recursos e assim por diante. Tudo em formato cartaz, e em PDF.
  4. Não esqueçamos das melhores ferramentas de Cartografia disponíveis na web: Google Maps e Google Earth.

 

  • Infográficos Comparativos/de Contraste:

Vantagens e desvantagens, diferenças e semelhanças, o que é certo e o que é errado, o que fazer e o que não fazer, velho/novo, rico/pobre, entre muitas outras questões opostas configuram temas ideais para exibição em um infográfico.

infográfico

 

  • Infográficos de Hierarquia:

O mais famoso é a imagem da pirâmide com níveis de importância. Com certeza, você já viu uma pirâmide alimentar. É o típico exemplo de infográfico de hierarquia.

infográfico

 

  • Infográficos interativos:

Permitem que o leitor possa interagir com mais facilidade. O usuário será capaz de explorar os dados e de aprofundar os seus conhecimento no que seja mais interessante pra ele.

 

infográfico

 

 

  • Infográfico de Nuvem de Palavras ou de Tags.

Esse tipo pode ser comparado às famosas “Brainstorms”. A essência é praticamente a mesma: deixar que surjam palavras-chave relacionadas ao tema do seu infográfico. A ideia é descobrir novas palavras e também que encontrar novos dados. O Wordle é uma ferramenta que permite  inserir o texto de seu interesse e criar “Word Clouds” para que você possa usar nos seus infográficos quando queira.

Feito! Agora que você já sabe como selecionar os dados que vão compor os seus infográficos e como apresentar toda essa informação, é hora de por as mãos na massa. E para isso, selecionamos uma lista de sites onde você pode encontrar templates gratuitos.

  1. Venngage: Permite criar e publicar infográficos on-line. É fácil de usar e tem muitos recursos visuais para implementar. Você tem que virar um usuário Premium para poder baixar os melhores infográficos deste site.
  2. Canva: Todo mundo já sabe a beleza que é o Canva. Ideal para criar elementos gráficos praticamente sem saber nada de design. O problema é que os templates disponíveis não são muito atraentes.na plataforma, você vai encontrar gráficos básicos e no formato standar de 800×2000 px.
  3. Infogram: Tem uma grande variedade de gráficos, mapas e tabelas. É ideal para as Infográficos de Estatística. O Infogram trabalha com um editor semelhante à uma planilha do Excel e é  muito fácil de usar. Se você vai trabalhar com números, não deixe de provar essa ferramenta.
  4. Piktochart: É muito semelhante ao Venngage, com praticamente os mesmos recursos de edição. A desvantagem é que a versão gratuita oferece apenas três temas básicos.
  5. Easely: Não dispõe de planilhas de infográficos, mas é especialmente útil para criar seus próprios projetos. Ele tem inúmeros recursos como formas, setas e linhas. É muito simples e fácil de usar.
  6. Visualize: Especializado na criação de infográficos. Não só conta com templates geniais, mas também mapas, cronogramas, gráficos bolhas, entre outros elementos. É ideal para criar infográficos completos e totalmente personalizados e permite fazer download em PDF ou PNG.
  7. O Genialy merece destaque por se tratar de um suporte incrível para Infográficos Interativos e animados. Só dá pra usar a versão de provas no modo gratuito. Você só pode usar uma versão de avaliação gratuita.

Esta são algumas das possibilidades que têm mais destaque na Web. Mesmo assim, se você for um especialista, sabe que dá pra criar infográficos com o Power Point, Photoshop ou Adobe Illustrator. Obviamente, você precisa conhecer estes programas e dedicar o tempo necessário para criar um Infográfico de qualidade, mas… Não entre em pânico! Nós temos a solução.

Se você clicar no infográfico à direita você vai baixar templates gratuitos para Power Point. Selecionando a imagem à esquerda, você vai baixar infográficos para Illustrator. Achava que não ia ser capaz de fazer um infográfico rapidamente?

infográfico

                          infográfico

  1. Não se esqueça que os infográficos (como qualquer ferramenta de comunicação)…

…têm como objetivo melhorar a compreensão dos leitores.

Os infográficos têm especialmente esta função: facilitar o entendimento de um fato ou de um conceito e  poupar tempo. Além de ser atraente, tem que possibilitar uma leitura fluida e dinâmica.

Com todas essas dicas em mente, você já deve estar pronto para começar a criar seu próprio infográfico.

Depois de dar os primeiros passos, compartilhe a sua experiência com a gente! Queremos saber qual ferramenta você usou, que tipo de infográfico foi o escolhido para mostrar as ideias ou qualquer outro comentário que você queira compartilhar. Estamos aqui para lhe ajudar.

Finalmente, se você gostou deste post, compartilhe com quem pode estar procurando este tipo de informação! Até logo!

Comments

Social