A MANEIRA MAIS FÁCIL DE PROGRAMAR POSTAGENS

No Facebook, Twitter, Linkedin e Pinterest


Teste agora!

Postcron é a Maneira Mais Fácil de Programar Postagens no Facebook, Twitter e Google+ Experimente Grátis

Como Criar Uma Base de Dados de Clientes para Aumentar suas Vendas

Por Eugenia Skaf | Escritor em Postcron.com

como criar um banco de dados

Para conduzir um empreendimento comercial de sucesso a longo prazo, é fundamental trabalhar a relação com seus clientes. E, efetivamente, uma das melhores formas de conseguir fazer isso é aproveitar a informação que você consegue deles! Por isso, hoje vamos mostrar para você como criar uma base de dados dos seus clientes para, além de manter, aumentar as suas vendas.

Neste blog post, você vai aprender o que é uma base de dados, quais são os tipos de informações que você pode obter e quais são os benefícios para seu negócio. Também vamos mostrar como criar uma base de dados e quais são as melhores práticas para aproveitá-la ao máximo! Lápis e papel na mão? Vamos lá!

O que é uma Base de Dados de Clientes e qual é a sua importância para seu Negócio?

Assim como explicam os especialistas em Marketing, uma Base de Dados de Clientes é um compilado de informações de cada clientes que tem valor para seu negócio. Mas, o que queremos dizer com “relevante”? Essa relevância reside exatamente na natureza da sua atividade e, por consequência, em suas necessidades específicas.

como criar um banco de dados

 

Assim, uma base de dados de clientes pode incluir desde dados de contato (mail, telefone, etc.) até especificações e detalhes sobre as transações feitas. O tipo de informação que você vai solicitar a seus clientes depende sempre da utilidade das mesmas para seu negócio e, não menos importante, para suas estratégias de marketing.

Por exemplo, o proprietário de um negócio de imóveis sabe que as pessoas normalmente compra uma casa somente uma vez em suas vidas, por isso, não vai precisar armazenar tantas informações relacionadas às preferências do comprador. Tudo já mudo muito de figura quando pensamos em um salão de beleza, que tem uma relação mensal – ou mais próxima ainda – com seus clientes.

Assim, criar uma Base de Dados, é a melhor forma de manter as informações sobre seus clientes ordenada e atualizada. Além disso, permite que você entre em contato com seus clientes e prospectos para assim fidelizá-los, oferecer um serviço melhor e favorecer suas vendas.

Recapitulando: Para Que Serve uma Base de Dados desde o Ponto de Vista do Marketing?

como criar um banco de dados

Contar com informação dos seus clientes, desde dados de contato até mesmo suas preferências particulares permite que você:

  • Aumentar suas vendas por meio de técnicas como o email marketing ou o telemarketing, etc.
  • recuperar clientes antigos ou indecisos e aproveitar as estratégias do remarketing.
  • Oferecer promoções personalizadas, feitas à medida para cada cliente, a partir do seu perfil – registrado em sua base de dados -, tais como preferências de pagamento, compras feitas anteriormente, etc.
  • Manter  seus clientes e prospectos informados sobre suas novidades, ofertas especiais, etc.
  • Proporcionar um atendimento de qualidade, possível graças ao registro das características específicas de cada cliente, presentes em sua Base de Dados

Quais Tipos de Informações Você Pode Coletar para sua Base de Dados de Clientes?

Quando pensamos em Como Criar uma Base de Dados de Clientes, três grandes fontes de informação  que determinam, em grande parte, o tipo de dados que você pode coletar. São as seguintes:

  • Seu negócio
  • Sua página web
  • Suas Redes Sociais

Seu Negócio

Aqui, a ideia é conseguir informações mais “duras” ou concretas sobre seus clientes reais: você pode registrar o nome dos compradores, seus endereços, telefones ou emails, seus cartões de crédito, os produtos que compraram, a data da compra, etc.

Sua Página Web

Além de ser a “porta de entrada virtual para seu negócio, ou sua carta de apresentação, a sua página web é uma fonte de informação muito completa e valiosa no que se refere a obtenção de informações específicas sobre seu público, ou seja, aquelas pessoas que se interessaram pelas suas propostas, que checam suas ofertas online, etc.

como criar um banco de dados

 

Mediante o uso de uma ferramenta gratuita como Google Analytics, você pode saber quem visitou sua página, quais seções ou produtos visualizaram, de onde vêm, quanto tempo permaneceram na sua página e muitas outras informações valiosas.

Suas Redes Sociais

Além de ser o espaço virtual por excelência para captação de público e de posicionamento e promoção da sua marca, as Redes Sociais são uma excelente fonte de informações sobre seus clientes.

Além de analisar o perfil dos seus seguidores, após publicar uma postagem no Facebook, Twitter e etc, você pode estudar o impacto que cada tipo de publicação teve nas pessoas interessadas em suas propostas, basta analisar a quantidade de vezes que o post foi compartilhado, além de estudar os likes e comentários.

Dessa forma, você pode entender o que mais gera interações no seu público e melhorar a sua estratégia de marketing de conteúdos. Além disso, você pode analisar os usuários que fazem parte de um determinado perfil demográfico a partir de critérios como idade, gênero e localização, na mesma linha dos estudos de mercado.

Como Você Pode Usar sua Base de Dados de Clientes? Apresentamos os 3 Usos Mais Importantes e Vantajosos

Como você já deve ter percebido, as informações que você pode obter sobre seus clientes e prospectos, assim como as formas de consegui-las, são bastante variadas. Agora, vamos ver qual é a função concreta do levantamento de tais dados, ou seja, para que serve uma Base de Dados de Clientes.

como criar um banco de dados

De acordo com os especialistas, os usos práticos que você pode aproveitar das informações levantadas são diversos e, inclusive, dependem de sua criatividade. Entretanto, em linhas gerais, podemos diferenciar 6 importantes usos:

1. Análise de Compras

Em primeiro lugar, precisamos mencionar a análise das compras, ou seja, estudar quais são os itens adquiridos por cada cliente e como chegar até eles. Isso é especialmente útil para melhorar sua página web ou ecommerce mediante a otimização da interface do usuário, da possibilidade de recomendar produtos relacionados, etc.

Esse uso se baseia em uma suposição, a de que é factível predizer a conduta de um usuário ou cliente com base em suas ações passadas. As informações relacionadas às compras anteriores podem ser de grande utilidade, para todo e qualquer tipo de negócio ou campo de atuação.

Por exemplo, você pode avaliar o uso dos cartões de crédito para evitar fraudes (essa informação é fundamental quando trabalhamos com vendas online). Outra possibilidade é analisar os padrões de uso do telefone, por exemplo, se você tem uma companhia de telefonia celular, pode levantar os clientes que compram todas as novidades que você oferece e oferecer ofertas especiais.

2. Previsão de Vendas

Uma das estratégias de uso da Base de Dados dos Clientes  para aumentar suas vendas tem a ver com prever o momento em que voltarão a comprar, para isso, você precisa considerar seus hábitos de consumo anteriores, quando foi que comprou o último item.

como criar um banco de dados

 

Dessa forma, de acordo com o tipo de produtos que você ofereça, e por meio desta estratégia, você pode criar sistemas de obsolescência programada ou criar kits ou produtos complementares para oferecer. Em conjunto, recomendamos que você analise o número de clientes que formam seu mercado e tentar predizer seu comportamento.

Por exemplo, se você tem uma cafeteria, pode perguntar quantos negócios semelhantes existem em um radio de um quilômetro ao redor, assim como quantos concorrentes diretos, registrar qual é sua média de vendas diárias e comprar a informação com seu estudo de mercado para criar um panorama de seu posicionamento atual e ver o que pode ser feito em relação a isso.

3. Marketing de Base de Dados

Outra forma muito vantajosa e praticamente obrigatória relacionada ao uso que você pode ter da sua Base de Dados de Clientes  tem a ver com as estratégias de Marketing.  Uma grande parte disso tem a ver com a análise dos hábitos de compra, dados demográficos e atitudes psicológicas de seus clientes para então conseguir criar perfis de compradores.

Tais perfis permitem otimizar suas estratégias comerciais ao máximo e, ao mesmo tempo, criar novas técnicas de vendas que respondam à cada perfil de consumidor criado. Inclusive, dá pra criar produtos especialmente desenhados para encaixar em cada categoria criada.

Em paralelo, depois de criar suas categorias, você pode dedicar tempo a campanhas de email marketing e mandar correios promocionais muito, mas muito mais personalizados, tudo com base na análise anterior. 

Como Criar uma Base de Dados dos seus Clientes?

Agora que você já conhece a importância de ter informações relacionadas a seus clientes e quais são suas necessidades específicas e hábitos de compra, gostaríamos de compartilhar uma lista com métodos que ajudam a saber como criar uma base de dados de clientes  para que você possa contar com todas as informações necessárias dos seus clientes e prospectos  (por exemplo, seus seguidores nas redes sociais).

  • Faça enquetes via email e redes sociais (por exemplo, o Twitter tem uma função para enquetes bem simples e prática);
  • Peça o email de seus compradores, seu endereço  e telefone durante o processo da compra.
  • Promova concursos (em seu negócio ou por meio das redes sociais) com prêmios de descontos ou mesmo kits gratuitos de produtos nos quais o requisito para participar seja o envio de dados específicos. Por exemplo o nome, a idade, o gênero, a cidade, o email, o telefone, o último produto adquirido, etc.);como criar um banco de dados
  • Coloque no seu blog ou página um campo para que as pessoas coloquem seus emails e informe que os que se subscrevam a seu newsletter vão receber ofertas exclusivas. É importante que esse processo seja o mais simples possível;
  • Se você vende produtos ocasionais (por exemplo, tinta para impressoras) anote o item, a data e a hora de compra de cada cliente e registre tudo isso no perfil de cada um na sua Base de Dados. Assim, você vai conseguir estimar quando a próxima compra vai ser feita e se adiantar com uma oferta adequada);
  • Disponibilize formulários para que seus clientes coloquem seus dados. Você pode acompanhar o pedido de uma gráfica que diga algo como “Coloque Seus Dados Aqui para Receber nossas Ofertas, Descontos e Novidades!”.

E isso é tudo por hoje! Esperamos que este artigo seja útil para suas novas iniciativas e que tenha mostrado a importância de valorizar e aproveitar as informações que você obtém de seus clientes. Fazer isso de forma estratégia pode não só multiplicar as suas vendas, mas também garantir que seu negócio tenha uma performance de sucesso no mundo dos negócios, a curto, médio e longo prazo.

E como complemento, lhe convidamos a ler alguns posts complementares para reforçar alguns conceitos:

Gostou do post? Deixe seu comentário! E não se esqueça de compartilhar este artigo nas redes sociais e com seus companheiros de trabalho! Até a próxima!

Comments

Social