Postcron é a Maneira Mais Fácil de Programar Postagens no Facebook, Twitter e Google+ Experimente Grátis

Como melhorar o conteúdo sem escrever meia palavra – Parte I

Por Julio Paiva | Content Creator Postcron.com

Um dia você fica sabendo que precisa publicar conteúdo na web. Que tem que produzir X artigos por semana, fechar o briefing, definir as imagens, escolher keywords, viralizar etc etc etc. E agora, José? Pois é, mas ninguém disse que seus posts têm – obrigatoriamente – que ser artigos de texto. Aliás, se você não tem tempo pra escrever seu próprio material ou orçamento pra contratar uma agência de conteúdos ou um freelancer, o que fazer?

Acontece que nem tudo que reluz é ouro e nem tudo que balança cai, há alternativas, e muitas, pra marcar presença na web sem ter que escrever nada. Hell Yeah, viva à produção de conteúdo multimídia. A única coisa que realmente não dá pra fazer é ficar fora do jogo: quem não é visto não é lembrado – adoro como essa frase cai como uma luva no que se refere à presença na web.

melhorar o conteúdo

Neste artigo mostrarei algumas alternativas possíveis pra você ampliar – ou começar – a marcar presença na rede sem ter que digitar nem uma letra (ou muito poucas). Exato, pode dar um descanso pro teclado, há alternativas mais que interessantes pra você que não curte escrever.

{Agrego: isso também vale pra quem publicar artigos tradicionais. De fato, sugiro que qualquer empreendimento que tenha um pezinho na rede diversifique a sua content strategy, saia da velha receita arroz com feijão e deixe de publicar só texto.}

Vamos dar uma olhada em como agregar mais opções ao menu de conteúdos do dia e deixar esse cardápio mais interessante. Se quiser dar uma olhada no nosso post frequência de publicações nas redes sociais: você pode estar errando, a info pode complementar o post de hoje.

Videos

Volta e meia você ouve falar que o futuro do marketing de conteúdos se relaciona diretamente com a presença e uso de vídeos como ingrediente fundamental. Na verdade, não é no futuro, comece a pensar que o vídeo é importantíssimo A-G-O-R-A.

* A Cisco indica que, já em 2017, cerca de 70% do conteúdo web será transmitido através de algum tipo de multimídia audiovisual.

Você pode aproveitar vídeos de terceiros para ilustrar suas ideias ou criar seu próprio material. O mais legal dos vídeos é que tanto servem pra informar como para entreter.  E não vamos esquecer da sua enorme capacidade de assimilar conteúdos e sintetizar ideias de uma forma mais atraente.

melhorar o conteúdo

Seja você uma pequena ou grande empresa, pode anotar na lista do supermercado: um kg de vídeos; frescos, de preferência.

Se você acha que fazer vídeos é complicado demais, fique sabendo que já está muito mais fácil criar conteúdo audiovisual. Dê uma olhadinha no seu concorrente, de repente você vai perceber que ele tem publicado vídeos e você nem tinha prestado tanta atenção nisso.

melhorar o conteúdo Dica: conheça o o Powtoon, excelente ferramenta pra você do it yourself.

melhorar o conteúdo

A web Puro Marketing indicou que dois em cada três profissionais do mundo do marketing digital acredita que os vídeos vão ganhar ainda mais espaço e virarem protagonistas das estratégias de conteúdos em pouquíssimo tempo. Abre aí esse infográfico da BrainShark  pra ter uma melhor ideia do que eu estou falando.

melhorar o conteúdo

Também é importante dizer – e você já sabe – que os vídeos têm uma grande capacidade de penetração e viralização. Jã tinhamos comentado aqui no blog que é mais fácil chamar a atenção do público através de imagens. Se o material for interessante, você vai manter sua audiência mais tempo na sua web, canal do youtube, fanpage ou qualquer outro meio que use para difundir conteúdos.

Quando falo de manter a audiência por mais tempo, significa que aumentam as chances de que ela navegue internamente na sua wev e fique mais tempo onde você quer: na sua casa.

melhorar o conteúdo

Resumindo alguns bons motivos para usar vídeos na sua campanha de marketing:

– A mensagem consegue um impacto maior;

– É mais fácil manter a atenção da audiência e prolongar a presença na sua web;

– É um excelente formato para vender produtos, ideias ou serviços;

– São mais compartilhados que artigos que têm somente texto;

– Um bom vídeo entretém e é uma boa forma de surpreender e divertir seu público alvo.

Não se acomode, comece a pensar que tipo de vídeos você gostaria de vincular à sua imagem e mande ver. Faça um antes e depois de suas estatísticas web e depois conte pra gente se não deu um up legal nos seus números.

Podcasts

Ninguém duvida que a informação que pode ser transmitida através de um vídeo, texto ou imagens é uma excelente maneira de atingir o público de forma mais íntima. Agora, já pensou em compartilhar informação via áudio? Vou até fazer uma referência a tempos atrás – ou nem tanto tempo assim -, quando a gente só conversava por telefone, sem as facilidades de fazer uma vídeo conferência.

 melhorar o conteúdo

Outra enorme vantagem: os conteúdos de áudio são super fáceis de produzir e compartilhar. Ah, por último: quando você somente ouve, presta mais atenção no que é dito, sem distrações visuais competindo pela atenção.

Se você olhar direitinho, não é todo mundo que inclui os podcasts em suas estratégias de marketing de conteúdos. Agora, olhe com mais carinho ainda, isso representa um nicho aberto, esperando ser ocupado e que não tem muita concorrência.

Pense que pra captar um áudio só faz falta um gravador de qualidade – ou use seu smartphone, gravam super bem com os fones de ouvido em um lugar acusticamente mais ou menos isolado. Sabe o que é bacana também?

melhorar o conteúdo

{ A voz pode ser muito, muito sedutora, cria imediatamente uma intimidade que outros formatos não permitem.}

Lembra que no começo do artigo eu comentava que esse post poderia ser útil pra quem já produz conteúdo em formato texto? Pois o podcast pode ser agregado às entradas do seu blog narrando o artigo que está escrito. Pense invertido: o artigo é a legenda, o podcast é o programa principal; e nem precisa dizer que você também torna o seu conteúdo acessível para portadores de deficiência auditiva.

Um podcast pode ser uma excelente forma de responder perguntas, falar da cultura interna da empresa, narrar artigos… Também dá pra chamar alguém pra conversar sobre algum tópico específico, e se for alguma referência do seu campo de atuação, melhor ainda.

melhorar o conteúdo

Convide um influenciador da sua área a responder algumas perguntas ou pra dizer o que acha sobre algum tema interessante; é provável que ele nunca tivesse tempo pra escrever as respostas, mas pra gravar um audio, é vapt-vupt.

Ficou a fim de experimentar? A Apple disponibiliza o App PodCasts, daí é só uppar no servidor do seu blog e distribuir seu podcast pelo iTunes. Outra opção é o Speaker; finalmente, pra distribuir fora do itune, considere realmente aproveitar todos os benefícios que o SoundCloud Mobile oferece.

Webinars

Chegou a hora de virar gente grande, vamos entrar de cabeça nessa potente ferramenta de comunicação, bem-vind@s ao mundo dos Webinars. Sou particular fã dessa forma de capacitação e aprendizado, aliás, um webinar serve pra conectar pessoas em níveis muito mais profundos, é cara-a-cara, meu amigo.

melhorar o conteúdo

Tem gente que chama de vídeo conferência, conference call ou mesmo life stream. Chame pelo nome que queira, nada muda o fato de que um webinar é uma excelente maneira de aprender novas coisas e ter acesso à informação de primeira qualidade. Participei de webinars do Linledin com excelentes profissionais com os quais dificilmente eu pudesse ter a oportunidade de interagir ou ter acesso direto.

Vou dar uma ideia de como estruturar o seu e ampliar os seus canais de comunicação.

melhorar o conteúdo

Um webinar pode ter uma função meramente informativa, tipo para agregar valor à sua empresa e falar mais sobre a sua cultura interna, objetivos, ideais. Outro uso bastante comum é servir para capacitar através de cursos online ou organizar um ciclo de conferências.

E  uma mão na roda  pra quem quer comercializar um produto ou serviço (fazer publicidade de um recurso, de um evento, curso, e por aí vai). Dá até pra capitalizar um webinar!

Quando eu falei que é coisa de gente grande, não se assuste, mas não subestime a necessidade de estruturar muito bem o seu webinar. É, em um webinar, não tem como dar Control+Z; falou, tá falado.

Antes de pensar sobre o que você vai falar, pense pra quem você vai falar e quais são os objetivos do seu webinar. Você quer captar mais subscritores, promover um evento, produto ou mesmo se posicionar como um referente em sua área?  Também é importante pensar se você vai estar só, datas factíveis, horário… É, tem que ficar tudo redondo redondo.

melhorar o conteúdo

Não esqueça de promover seu webinar com antecipação, em todos os meios nos quais você acredite que o seu público-alvo potencial possa estar. E não dê mole, repita e repita e repita outra vez a publicidade: se ninguém ficar sabendo, você vai falar sozinho; e imagino que você não tá a fim de falar com as paredes!

melhorar o conteúdo Uma boa é criar uma landing page para conseguir mais participantes, você pode usar o LeadPages e os templates de suas planilhas pra criar o seu.

Faça um resumo pra Landing e pros posts das redes sociais, contate Deus e o mundo. E não se surpreenda se, na hora do evento, sua sala lotar de gente. Há muito mais pessoas querendo saber do que você vai falar do que você mesmo imagina.

Caso esteja se perguntando “por onde eu faço meu webinar?”, a opção gratuita que funciona melhor é a ferramenta Hangout do amigo Google (sempre o Google!), se tiver orçamento pra um pouco mais, sugiro o GotoWebinar, é pago mas vale a pena.

Pra fechar a conta

E aí, tá vendo com outros olhos para as possibilidades apresentadas? Dá pra falar muito mais sobre cada opção, mas o principal é dar uma ideia de como você pode ampliar a sua estratégia de conteúdos e não pensar somente em artigo de texto e formatos tradicionais.

Então, espero que se você estava procurando informação sobre como criar conteúdo sem escrever nenhuma palavra (ou pouquíssimas), tenha encontrado info suficiente pra começar a diversificar a forma de chegar à sua audiência.

melhorar o conteúdo

Ah, vim à Recife conhecer o Porto Digital, esse post foi escrito aqui na Jump Brasil, uma Aceleradora super bacana que é parceira da Org.

Comments

Social