Como manter sua presença nas redes sociais dedicando apenas 1 hora por mês!

Aprenda neste Webinar gratuito a usar as melhores ferramentas para automatizar suas redes sociais

- O próximo webinar começa em: -

Postcron é a Maneira Mais Fácil de Programar Postagens no Facebook, Twitter e Google+ Experimente Grátis

Ferramentas Colaborativas pra deixar tudo com (✓) !

Por Julio Paiva | Content Creator Postcron.com

Sabe aquela imagem do criador de conteúdos solitário, no escuro, trabalhando sozinho? É exatamente sobre o que não vou falar hoje. Você até pode curtir jogar paciência, mas tenho certeza que prefere Poker – ou qualquer outro jogo coletivo. Pra quem é adepto à modalidade teamwork, hoje é dia de apresentar algumas ferramentas colaborativas para melhorar seu workflow. A gente já falou sobre Ferramentas para Marketing de Conteúdo, hora de ampliar o tema.

ferramentas colaborativas

Trabalhar na nuvem já foi um salto nesse sentido, um basta! no processo de criar documentos localmente, anexar ao email, esperar a resposta. Sem contar toda a confusão que gera não saber qual é o arquivo original, v01, v02, v03-edited, v567; não tem quem aguente. Pois, fique tranquilo, há vários recursos que literalmente diminuem a distância entre uma rede de colaboradores.  Aliás, melhor planejar e resolver antes do que ficar louco tentando resolver tudo de uma hora pra outra.

Outro detalhe importante é o fato de que tudo tem que ser ágil, intuitivo, funcional e estar acessível 24 horas, 7 dias por semana. Na cultura digital, cada trabalhador tem seus tempos. Tem gente que trabalha à noite, fim de semana, feriados e nos horários menos óbvios, é aí onde uma ferramenta colaborativa é mais necessária.

Pois chega de blá-blá-blá e vamos ao que interessa. Separei algumas tools que mais curto, espero que sejam úteis para você(s). Vamos nessa?

ferramentas colaborativas

#MindMeister – Mapeie suas ideias

Quando você vai criar um artigo, qual é o seu processo editorial? Eu costumo anotar os principais pontos a trabalhar e logo desdobro cara conceito. E como esse fluxo nem sempre é linear – tipo quando surge uma nova ideia e você quer encaixar -, ao criar um mapa mental você pode anotar o lugar onde quer complementar o conteúdo e logo desenvolver o tópico.

MindMeister é um app super funcional para construir e compartilhar mapas conceituais. Não precisa de instalação e dá pra exportar os mapas para vários formatos. Só faz falta um computador com acesso à internet pra usar o recurso.

ferramentas colaborativas

Há várias ferramentas de criação de mapas mentais à disposição que permitem estabelecer o ponto de partida, criar relações entre os conceitos, inserir imagens… Mas com MindMeister é possível destacar alguns pontos extras mais que interessantes:

– Criação de grupos na nuvem, o que abre as portas da colaboração entre várias pessoas:

– Funciona em celulares, notebooks, tablets;

– Permite inserir links nos conceitos, assim como imagens e vídeos;

– Todos os elementos podem ser facilmente reorganizados, é só arrastar com o mouse;

– Praticamente tudo é customizável. Cores, alinhamento dos dados, edição de imagens in-software;

– Você pode anexar documentos aos campos, deixar comentários, criar notas.

A plataforma não requer registro, mas se você logar com um usuário, dá pra salvar o mapa e abrir posteriormente. Como quase tudo na net, a versão free (não tem trial, pode usar sempre que queira) é mais limitada; já com a MeisterTask é possível transformar mapas criados em projetos complexos.

Scribblar – Um quadro negro online

Essa é pra quem não quer perder NADA de tempo pra aprender como usar uma ferramenta colaborativa. Scribblar é uma ferramenta ultra simples que permite criar grupos virtuais com somente um clic. Quando você entra na página, é só criar uma sala e mandar os invites por email.

Na plataforma você encontra um quadro negro (branco) digital onde é possível inserir textos e gráficos. Se você tiver uma veia artística, há ferramentas de desenho – no melhor estilo Paint Brush – pra criar figuras em tempo real. Outras possibilidades são criar uma biblioteca de imagens e o melhor: tem um chat na tela pra que todos conversem enquanto a instrução é dada.

ferramentas colaborativas

Ah, se quiser ceder o mando, dá pra deixar o cursor na mão de outro usuário para que este também colabore. Ainda sobre a comunicação via plataforma, você conta com integração via Skype e transmissão de voz por broadcasting.

A plataforma é ideal para aulas virtuais, testes, brainstormings e entrevistas. Dá pra usar de graça sem necessidade de registro e na versão paga você pode customizar a classe, modificar as cores, inserir seu logotipo…e por aí vai.

Cyfe – Estatísticas em um só lugar

Comunnity Manager que se preza acompanha as todas as estatísticas de redes sociais que estão sob seu controle. E todos que trabalham com comunidades sabem como essa tarefa pode ser estratificada e chata. Mas, pare de sofrer, existe Cyfe, uma plataforma onde dá pra acompanhar tudo-ao-mesmo-tempo-agora.

De fato, eles se definem como um all-in-one Dashboard. è, amig@, você vai monitorar estatísticas de redes sociais a partir de um mesmo painel. Cool, eh? De repente, ali está, um enorme painel tipo bolsa de valores onde você se sente o Big Brother.

ferramentas colaborativas

A plataforma se conecta com as APIs dos programas selecionados – há váááários – e o ingresso de dados começa a fluir.  Ah, tudo totalmente otimizável, pra você acompanhar só os números que lhe interessam.

Sugiro criar dashboards para acompanhamentos específicos: Social Media, Analytics, Financeiro, Marketing, Clientes, e por aí vai. Na versão free, dá pra acompanhar até cinco tipos de dados. Se você for muito pão-duro ou não tiver orçamento disponível (custa só 19 usd por mês ou 14 se escolher o plano anual), dá pra criar múltiplos users e abrir em navegadores diferentes ou navegar anônimo. Ah, funciona em vários dispositivos.

ferramenta colaborativa

A configuração não poderia ser mais simples, basta arrastar e soltar um widget – igualzinho a como fazemos no iGoogle. Daí pra frente, resta configurar os parâmetros como queiramos. Para tanto, você tem que proporcionar os dados de usuário e bingo, tá dentro.

Entre as redes e serviços suportados – que não são poucos -, encontramos Salesforce, Alexa, Facebook, Twitter, Youtube, Google Analytics, Amazon e outros tantos. Naõ precisa pesquisar a compatibilidade, você verá um painel onde estão todas as interfaces compatíveis. Um luxo.

redes sociais

GatherContent – Master plan editorial

Quando um CM gerencia grandes volumes de conteúdos em diferentes canais é provável que precise de uma ferramenta colaborativa de controle editorial. Pois eis que surge GatherContent. O lema da companhia é bastante claro: Tenha controle do seu processo de produção de conteúdos. digaí que é o sonho de qualquer gestor de de conteúdos online.

ferramentas

Na plataforma, qualquer tarefa é classificada entre três estados: rascunho, pendente e aprovado. É possível agregar comentários em cada tarefa ou estado e as instruções ficam bem visíveis. A ferramenta é multifuncional e se usa tanto para processos editoriais como para outros ramos de atividade. Destaque para:

– Permite criar um Dashboard que exibe conteúdos e conversas em uma só tela

– Ter calendários compartilhados com usuários diferentes

– Gerenciar Workflows para aprovação e publicação de conteúdos

– Atribuir tarefas, calendários, criar restrições pontuais

– Brainstorm de ideias

– Publicação direta a partir da ferramenta em diferentes canais

– Informes específicos sobre as atividades desenvolvidas

Quer saber mais? Dá uma olhada no vídeo;

Trello – Organize suas tarefas

Esse realmente ficou famoso e caiu no gosto do povo. O Trello é um sucesso, e não só pra quem trabalha com conteúdo editorial. Trata-se de um aplicativo web – na nuvem – que permite criar listas de seguimento, listas dentro das listas e assim por diante.

ferramentas colaborativas trello

O melhor é a compatibilidade com vários formatos. Dá pra inserir imagens, documentos, vídeos, arquivos anexos, uma mão na roda. Ponto também pra faceta multiusuários, você pode incluir a quantidade de usuários que queira, atribuir tarefas, definir deadlines – há um calendário interno utilíssimo – e… sincronizar com o Google. Excelente.

A base organizativa é herdada do método Kanban de gestão de projetos. Dessa forma, criam-se várias listas e cada task pode migrar de uma para outra. Todas etiquetadas como em processo ou finalizadas.

ferramentas colaborativas

Como funciona? Mais simples ainda. Você cria boards (tabuleiros) e neles pode inserir listas, com os respetivos cartões de tarefas e atividades. Cada um dos cards passa de uma lista para outra e admite comentários, o que é bastante conveniente para facilitar a comunicação entre os grupos de trabalho.

Produtividade + Colaboração

Tudo passa pelo processo. Sem planejamento, qualquer tarefa pode se transformar num pesadelo. Sempre fui partícipe da ideia de que pensar em como fazer minimiza as perdas de tempo enquanto ongoing.

Pense como um arquiteto. Cada etapa da execução já deve estar planejada. Obviamente, adaptações são necessárias, mas sempre que você dedique tempo a pensar em todas as variáveis que podem existir durante a execução, terá a oportunidade de prever eventuais entraves. Principalmente em trabalhos de equipe.

Quem não trabalhou em equipe que começa sem saber bem aonde quer chegar? Melhor dizendo, sabe onde quer chegar mas não sabe como. É aí que entra o planejamento. Pense antes pra relaxar durante, é exatamente assim que o Postcron funciona, e você vai ter mais tempo pra passear com seu cachorro =). Aquele abraço e até o próximo artigo.

Comments