Poupe tempo gerenciando suas contas do Instagram

Postcron é a ferramenta mais usada para programar Posts e Stories no Instagram.

Teste Agora!

Postcron é a Maneira Mais Fácil de Programar Postagens no Facebook, Twitter e Google+ Experimente Grátis

Qual é a maneira certa de posicionar a sua marca nas redes sociais

Por Autor Convidado |

Qual-é-a-maneira-certa-de-posicionar-a-sua-marca-nas-redes-sociais

Empreender na “Era da Informação” é um desafio. Muitas lições que haviam sido aprendidas na época do Fax já não fazem mais sentido. Uma das maiores dificuldades dos empresários têm sido criar um posicionamento na mídias sociais que contribua com a imagem da empresa.

Se você é fã de filmes de ação já deve ter se deparado com aquela cena, na qual o policial precisa desarmar uma bomba e existem dois fios, um azul e um vermelho. Essa ideia ilustra muito bem a situação de muitas marcas em relação à internet.

Uma estratégia bem-feita é igual a desarmar a bomba, todos saem felizes da situação, comemorando a vitória. Já se o posicionamento nas redes sociais não for o ideal, isso equivale a uma explosão que terá sua marca como principal vítima.

Estar na internet significa se expor

Na teoria as redes sociais foram criadas para dar às pessoas a oportunidade de manterem contato com seus amigos e familiares, como uma evolução do telefone, por exemplo.

Na prática a situação é totalmente diferente. Pela primeira vez na história, pessoas comuns podem produzir conteúdo e publicá-lo. Algo que, antigamente, só era possível se você trabalhasse em um veículo de comunicação.

source (1)

De repente percebemos que a Internet é um mundo muito complexo, que expõem diferentes tipos de pensamento. Se por um lado milhões de pessoas coloriram suas fotos com as cores do arco-íris para comemorar a aprovação do casamento igualitário nos Estados Unidos, por outro lado também estamos constantemente expostos a discursos de ódio.

Da mesma forma com que milhões se sensibilizaram com os atentados terroristas na França, outros milhões criticaram a falta de mobilização com relação ao desastre ambiental em Mariana (MG).

Estar atento a essas polarizações é o primeiro passo para entender como deve ser o posicionamento nas redes sociais.

“O Norte se lembra”

Se você é fã de Game of Thrones sabe o que esse título quer dizer, mas se você não faz ideia do que se trata não tem problema. Basicamente estamos falando que sempre terá alguma pessoa que se lembrará do que aconteceu.

Essa é outra questão para a qual você deve se atentar. Não tem como voltar atrás de algo que foi dito nas redes sociais. Ainda que você tenha apagado uma frase, corre-se sempre o risco de alguém ter “printado” seu deslize.

donald-trump-tweet

Vamos a dois cases práticos para entender essa situação. O canal do Youtube “ Você Sabia? ” possui 7 milhões de inscritos. A internet é a plataforma de trabalho de seus criadores, isso nos leva a crer que eles têm um posicionamento certeiro nas redes sociais, correto? Errado.

Após uma reportagem da Folha da São Paulo revelar que os “youtubers” receberam R$ 60 mil do governo para apoiar a reforma do Ensino Média, os internautas resolveram vasculhar as publicações antigas de seus criadores. Encontraram textos racistas, machistas e homofóbicos.

Ao invés de usarem as redes sociais para gerirem a crise de imagem causada pela reportagem da Folha, os “youtubers” criaram outra.

Perceba que se até pessoas que ganham (muito) dinheiro com as redes sociais — não se esqueça que o Youtube é uma rede social — cometem erros grosseiros com o posicionamento de sua imagem na internet, isso nos leva a crer que cuidados devem ser tomados.

Mas calma, vamos te ensinar a resolver isso.

Como se posicionar nas redes sociais

1. Você não precisa ter conta em todas as redes

Alguns empreendedores se empolgam e criam contas para suas empresas em todas as redes sociais, esse um erro grave. A partir do momento em que sua empresa estabelecer presença em uma rede social espera-se dela a publicação de conteúdo.

Seu cliente não te seguirá se sua empresa não publicar de forma com certa frequência. O que muitos empresários se esquecem é que manter o gerenciamento das redes sociais dá muito trabalho. Por isso, ao invés de manter várias contas sendo gerenciadas de forma relapsa, é preferível que você mantenha sua presença digital em poucas, se isso for feito de forma adequada.

2. Saiba quais redes seu público-alvo utiliza

Outro erro comum. Se sua empresa tem como foco o público infantil, é interessante gastar dinheiro exibindo um comercial no intervalo da Globo News? Parece uma péssima ideia, não é mesmo? E de fato é., porém, muitas empresas não percebem que cometem erros semelhantes quando gerenciam suas redes sociais.

Hoje sabemos que o público mais jovem está no SnapChat e no Instagram. Conhecer esses dados ajuda a empresa a pensar nas estratégias para se comunicar com o público-alvo, fazendo com que o investimento traga resultados.

social-media-active-users

3. Não subestime as redes sociais de nicho

Existem redes sociais para públicos específicos, como a comunidade LGBT, por exemplo. No governo do ex-presidente Barack Obama sua equipe mantinha conta em redes sociais exclusivas para o público de origem latina.

Ainda que esses espaços não tenham a mesma visibilidade do Facebook, sua empresa não deve ignorá-los, afinal, eles proporcionam um diálogo muito mais estreito com o internauta.

4. Estabeleça um objetivo para sua presença digital

giphy (7)

Algumas empresas mantêm suas contas nas redes sociais com o objetivo de atender seus clientes, tirando dúvidas, por exemplo.

Outras desejam tornar sua marca mais conhecida. Quando se possui uma meta para o posicionamento nas redes sociais a empresa está no caminho certo, pois já decidiu que tipo de profissional estará atrás da tela.

Essa é uma decisão muito importante. Se houver a possibilidade — e necessidade — é essencial que a empresa mantenha profissionais adequados para interagir com o público.

5. Assuma seus erros

Se um dia sua empresa cometer algum erro, é fundamental que ela se responsabilize e peça desculpas. Esse tipo de atitude pode amenizar, e até reverter, uma situação complicada.

Recentemente o jornal carioca Extra deu uma lição de como lidar com situações desagradáveis. A edição impressa do periódico foi ao público com um erro de digitação. Ao invés de informar o leitor sobre o “céu nublado” a publicação carioca cortou a letra “e” da palavra céu, gerando piadas nas redes sociais.

A resposta da empresa foi bem humorada: “ Ficou tão nublado na redação do jornal Extra que ninguém viu o erro passar. Desculpa, gente… De todo modo, as piadas de vocês serviram para amenizar nossa vergonha. Todos sabem que quem tem estagiário tem medo, mas o erro não foi dele.”

Simples e direta. O jornal preferiu rir com seus leitores.

Jornal Extra

6. Ofereça conteúdo ao seguidor

O internauta não seguirá sua empresa se ela não oferecer um conteúdo interessante nas redes sociais. Ele provavelmente já conhece seu produto, por isso aproveite essa oportunidade para dar dicas de uso, tirar dúvidas, ou mesmo pedir opiniões.

Não faça de sua empresa uma marca narcisista que só sabe falar de si mesma.

80 20 conteudo

Por que se posicionar é importante?

Primeiro porque as pessoas querem saber o que as marcas pensam sobre os temas que estão em discussão em nossa sociedade.

Quando a Rede Globo decide criar uma campanha contra o assédio sexual, quando O Boticário demonstra que não discrimina gays ou quando a Avon afirma que mulheres podem ser bonitas, mesmo quando não seguem um padrão de beleza. Isso é importante porque essas discussões existiriam de qualquer forma, as empresas apenas decidiram participar delas, e como isso levar suas marcas para mais próximo dos consumidores.

Isso gera engajamento, e atrás disso que as empresas estão nas redes sociais. De nada adianta um milhão de seguidores que não interagem com sua marca.

Por outro lado, é importante que isso ocorra de forma natural. Apresentar um posicionamento nas redes sociais pode assustar o consumidor, por isso, assim como qualquer outra estratégia, é importante que essa também seja estudada.

Outra vantagem desse posicionamento é poder falar com o consumidor sem a necessidade do intermédio de emissoras de rádio ou tevê, jornais e revistas.

O contato é direto, o que melhora essa experiência, fornecendo dados à empresa e economizando recursos ao negócio.

Se sua empresa ainda não está pronta para ter uma presença digital não tem problema. É melhor dedicar um tempo estudando o público-alvo e entendendo como sua marca poderá tirar proveito dessa oportunidade, e, desse modo, ter uma postura mais coerente nesse espaço, alinhada com os objetivos da companhia.

Um posicionamento nas redes sociais feito de forma adequada abre oportunidades de Marketing, como campanhas de Marketing de Guerrilha, que podem fazer com que sua empresa ganhe muita visibilidade investindo valores menores do que em outros tipos de ações.

Uma dica para quem está começando e seguir páginas de grandes corporações e tentar entender como as redes sociais têm sido utilizadas.

 

Agora que você já sabe sobre posicionamento nas mídias sociais que tal continuar aprendendo?

A internet oferece muitas oportunidades para quem deseja empreender, e uma delas são os Infoprodutos, que são mercadorias criadas exclusivamente para o ambiente digital. Se você ainda não sabe do que se trata, cuidado. Seu negócio pode estar perdendo uma ótima oportunidade.

____________________

Sobre o Autor

Artigo produzido pela equipe Saia do Lugar.

Comments

Social