A MANEIRA MAIS FÁCIL DE PROGRAMAR POSTAGENS

No Facebook, Twitter, Linkedin e Pinterest


Teste agora!

Postcron é a Maneira Mais Fácil de Programar Postagens no Facebook, Twitter e Google+ Experimente Grátis

SEO para iniciantes “parte 2”: Como melhorar o pagerank do seu site?

Por Josefina Casas | Escritor em Postcron.com

pagerank-01
 

Você quer saber exatamente o que é o PageRank e como melhorá-lo para obter mais tráfego orgânico? 

Se você não é um webmaster expert, não se preocupe, você está no lugar certo, porque este é um guia super simples e prático para iniciantes, como eu. :)

Neste post, eu explicarei o que é o PageRank, por que é tão importante trabalhar sobre este aspecto da otimização para o motor de busca e quais estratégias você pode aplicar para melhorá-lo.

Na primeira parte do “SEO para iniciantes”, nos concentramos nos pontos referentes à “Otimização ON page”, quer dizer: tudo aquilo que você pode fazer EM e DESDE a sua página, para que o Google, ao avaliar o seu site, o posicione em uma boa posição do ranking.

Nesta segunda entrega, vamos focar na outra parte da estrutura de SEO: a otimização OFF page, especialmente o que se refere à PageRank, como indica o título.

 

1-    O que é otimização OFF page? Qual papel o PageRank possui em tudo isso?

A otimização OFF page, implica um trabalho sobre aqueles fatores externos que impactam diretamente sobre: a reputação, autoridade e relevância do seu site e conteúdo. Estes aspectos externos são os que importam ao Google para dar pontuação e posição de sua página no motor de busca.

1.1- O que é o PageRank e qual papel possui na otimização OFF page?

O PageRank (PR) é o fator #1 (entre mais de 200) que o Google utiliza para determinar o ranking das páginas no motor de busca.

É uma figura numérica que trabalha com uma escala de 1 a 10, sendo o 10 a pontuação ideal, e que serve para expressar a importância, relevância, validade e reputação do seu site. Estes aspectos anteriores se consolidam e constroem tendo em conta o número e a qualidade dos links que se direcionam a sua página.

Além do volume de links, o algoritmo do PageRank também considera a origem de cada um deles, sua qualidade, reputação da fonte que os mencionou, entre outras dezenas de aspectos que influenciam o PR, e que veremos mais para frente.-

1.2 – Para que serve o PageRank e por que é tão importante?

Basicamente, a ideia é a seguinte:

Quanto melhor o PageRank, mais probabilidades você terá de figurar nas primeiras posições dos resultados no motor de busca, o que se traduz em maior visibilidade e mais chances de que as pessoas cliquem e acessem o seu site. Isto significa que você obterá maior tráfego orgânico. Quanto mais pessoas em seu site, mais dinheiro. 

Vale lembrar que, além do tráfego orgânico, existem outros tipos de tráfego:

  • Pay Per Click (PPC): tráfego através de publicidades (custa dinheiro).
  • Tráfego de referência: que acessa através de links que foram citados em outros sites.
  • Tráfego direto: quando o usuário digita a URL do seu site diretamente na barra de endereço.

 

2-    Qual é o fator chave para ter um PageRank alto?

O objetivo da otimização e melhora do PageRank, consiste em obter a maior quantidade de links externos de qualidade que direcionem os usuários ao seu site de maneira orgânica, ou seja: que não são pagos, nem falsos, nem spams.

Continue lendo, porque mais para frente eu te mostrarei várias táticas para obter backlinks (links externos) e melhorar o PageRank.

2.1- Então: por que é importante ter um grande volume de links externos ou backlinks?

O Google considera que, se o seu site é muito “linkado”, é porque algo bom você está fazendo. Para eles, é um sinal de que as pessoas gostam do que você faz, acham útil, de qualidade, relevante, e que consequentemente, você deve ter certa autoridade ou ser referência na área em que se especializa, e é por isso que as pessoas citam a sua página ou conteúdo.

Justamente por isso, os aspectos como reputação, autoridade e relevância fazem sentido no conceito de PageRank.

Para evitar frustrações ou problemas com o Google, é vital esclarecer o seguinte: reputação não é o mesmo que popularidade. Você pode ter um site popular, muito popular, mas com baixo PageRank. Por que?

Bom, presta muita atenção ao exemplo que Matt Cutts deu (o diretor da área de webspam do Google), para mostrar a diferença entre popularidade e autoridade-reputação:

pagerank-04

PageRank não é uma medida de popularidade dos sites. Se você busca sites que são populares, por exemplo, podemos dizer que as páginas pornôs são populares, mas as pessoas tendem a não linkar estes websites. Por outro lado, você pode tomar algum site do governo: talvez note que não há uma tonelada de pessoas que visitam estes websites, mas há muitas que linkam estes sites.

Então, se pode dizer que, de certa forma, a popularidade é uma medida de onde as pessoas vão, enquanto o PageRank é uma medida muito mais ligada à reputação daquele site que as pessoas linkam.

 

3-    Fatores que causam impacto no ranking do Google

A cada dois anos, o site Moz, uma autoridade no campo de SEO, realiza um estudo através do qual tentam entender melhor o algoritmo do Google e saber quais são os fatores e características presentes nas páginas que tendem a estar nas melhores posições dos resultados do motor de busca.

No seguinte quadro, vocês poderão observar, em ordem de importância e peso, quais são os fatores chave:

pagerank-02
 

 

Para contrastar os resultados de Moz, mostramos outro trabalho realizado pelo SearchMetrics, através do qual, chegam a quase as mesmas conclusões:

pagerank-03
 

Como verão, o +1 do Google Plus e tudo relacionado a links, estão nas primeiras posições.

Para passar a limpo estes dados, devemos nos concentrar nos seguintes insights:

1-      O número e a qualidade de backlinks (links externos que direcionam os usuários para o seu site) permanecem extremamente importantes para o ranking.

2-      Os sinais sociais continuam se fortalecendo como fator de peso para o ranking.

3-      Conteúdo de qualidade e relevante (contexto), continua sendo um fator chave, e de extrema importância na construção da autoridade, reputação e a consideração de relevância.

4-      A importância da keyword na URL ou domínio perdeu a relevância.

Estes estudos confirmam o que Matt Cutts disse, para explicar por que a construção de links e a obtenção de backlinks continuam sendo a chave para alcançar maior visibilidade e tráfego orgânico:

Os links continuam sendo a melhor forma que encontramos para descobrir quão relevante e importante alguém ou um site é. Talvez com o tempo, social media e a authorship, ou outras marcas, nos deem mais informação sobre isso. 

Portanto, destes 4 insights, social media tende a se instalar como o mais poderoso e sobre o qual, VOCÊ mesmo poderá trabalhar para melhorar o seu pagerank. Por que? Uma boa presença nas redes sociais contribui para o posicionamento da sua marca e funciona como um excelente distribuidor do seu conteúdo, através de curtidas, compartilhamentos, tweets, retweets, +1, até chegar a influenciadores e outros bloggers, que se acharem o que você faz relevante, sem dúvida irão querer compartilhar essa informação de qualidade com a sua audiência.

Então, você não só deve trabalhar na criação de coisas incríveis para a sua marca, mas deve primeiro empreender uma campanha poderosa de distribuição de conteúdo, utilizando ferramentas como o Postcron para incrementar a sua presença no Google+, Facebook e Twitter e assegurar que o seu conteúdo chegue o mais longe possível.

4-    A importância da sua reputação e o linkjuice

Como já dissemos, cada site deve trabalhar para consolidar e ter uma boa reputação, já que isto impactará diretamente no PageRank, por isso é algo que se deve cuidar e conservar.

Quando um site relacionado a mesma área que a sua, com excelente reputação, relevância e autoridade, coloca um link que direciona para o seu site, por exemplo, transfere parte da reputação que possui para o seu site, o que significa que ficará com menos “suco de reputação” disponível para transferir para os seus próprios links.

Veja como o suco (links) cheio de reputação se transfere para outros sites:

Normal-Link-Juice-Transfer

Por isso, tenha a sua página um PageRank alto ou baixo, você deve cuidar do que tem e administrar bem o seu “suco de reputação” para guardar o suficiente para os SEUS próprios links.

Você deve continuar trabalhando muito na qualidade do seu conteúdo e site, para ter mais chances de que outros sites importantes te considerem útil e relevante para citá-lo e assim poder obter mais pontos, ou suco de maior peso, que influenciará o SEU PageRank de maneira determinante.

Diagram-to-Explain-Link-Juice-Transfer-2
 

– Image credit: Woorank

Se você deseja conhecer e controlar o seu PageRank, pode acessar estes sites:

http://www.prtracking.com/
http://www.advancedwebranking.com/

 

5-    Domain Authority: a outra cara do PageRank

Domain Authority é o algoritmo que Moz desenvolveu, e como dissemos, é um dos sites de maior autoridade a nível mundial no campo de SEO, que permite predizer como será o desempenho de um site no ranking do motor de busca do Google, baseado em sua reputação.

O Domain Authority utiliza mais de 40 sinais para determinar a pontuação, mas os dois principais são: a quantidade-qualidade dos backlinks obtidos de outros sites, e quanta autoridade eles possuem.

O DA, é um indicador ideal para comparar um site com outro, ou controlar a solidez do seu site ao longo do tempo. O DA utiliza uma escala logarítmica de 100 pontos, sendo o ideal chegar a 100. Você pode acessar e medir o DA do seu site aqui:

Open Site Explorer 
Barra de ferramentas do Moz

Portanto, se você conseguir uma alta pontuação de DA, isso significa que você também estará muito perto de estar bem posicionado na escala do Google PageRank. 

 

6-    Táticas para melhorar o seu DA e PR

Sabendo que estas duas medidas são muito parecidas, propomos uma “solução unificada” para melhorar as duas, tanto o PR como o DA, através da seguinte lista de táticas que, mesmo sem precisar ser um Webmaster, VOCÊ poderá realizar.

1-     Faça uma limpeza de links ruins:

Ainda que seja uma tarefa que os webmasters costumam fazer, você pode considerar começar a fazê-lo, rastreando através do Google se outras páginas te citaram. Se elas têm uma reputação baixa ou ruim, então você poderá pedir para removerem o seu link dos sites.

2-     Torne-se um site de bons backlinks:

Como você pode fazê-lo?

2.1- Produza conteúdo de alta qualidade e relevância, para que as pessoas achem que o seu site e conteúdo são linkáveis.

2.2- Compartilhe o seu conteúdo nas redes sociais, já que são outra avenida para a redistribuição dos seus links, e através desta tática, você também pode acumular curtidas, +1 e retweets, que funcionam como sinais sociais que somam pontos a sua reputação, e,  portanto, ao seu PageRank.

2.3- Participe de forma ativa em comunidades e fóruns, para compartilhar informação de qualidade e relevância. É uma maneira de incluir os seus links e fazer o seu conteúdo ou site chegar a outras pessoas.

2.4- Crie, desenvolva e incremente as relações com influenciadores, bloggers, consultores e redatores. Em cada indústria, você já deve saber que há uma série de “personagens” de renome, que as pessoas escutam e confiam em sua palavra. Aproveite para desenvolver relações com eles, porque vão potencializar a distribuição do seu conteúdo, além de incluir backlinks de qualidade em seu blog.

2.5- Tenha um perfil no Wikipedia e em outros diretórios, para que as pessoas possam te encontrar através de diferentes canais que também possuem boa reputação.

2.6- Guest Blogging: ainda que esta prática tenha ficado desprestigiada devido à geração de artigos de má qualidade que se transformaram em spams (já que eram utilizados para colocar links), o Google deixou de encorajar esta tática, mas se você se assegurar de que pode criar um guest post de qualidade e que seja relevante ao contexto do seu nicho, então vá em frente.

2.7- Promova imagens e vídeos através de infográficos, fotos, apresentações, webinars, vine vídeos. O Youtube soma muito peso e reputação.

2.8- Faça contribuições de qualidade através de comentários em outros artigos ou sites, no qual possa citar o seu link.

7 – Como verificar qual é o posicionamento da sua página no Google?

No ano 2000, o Google lançou a sua primeira versão de Pagerank, na barra de ferramentas do Internet Explorer. Atualmente, essa classificação numérica, criada pelo Google para indicar a importância das páginas nos resultados das buscas, já não está disponível.

Google pagerank primeira versão

A forma mais simples de conhecer o ranking da sua página web no Google é fazer uma busca direta do seu site e das palavras-chave mais relevantes do seu negócio, tudo via o próprio Google. Acontece que essa estratégia, simplesmente, não é eficiente.

Os resultados que aparece no Google nem sempre são os mesmos. O ranking depende de onde você está localizado quando faz uma busca. Além disso, os resultados sempre se adaptam ao seu histórico de buscas, são influenciados pelos seus padrões de comportamento na internet.

Felizmente, há uma série de ferramentas que servem exatamente para comprovar o ranking da sua página web no Google, tudo de forma totalmente gratuita. Aqui, compartilhamos uma pequena lista:

  • Rankerizer: aplicativo que permite acompanhar o ranking da sua página em função de cada keyword que você tenha escolhido para se posicionar. Você vai ver a url de cada posto e se a posição mudou em relação às suas últimas buscas.
  • Free Monitor for Google: bastante similar a Rankerizer, já que também exibe o posicionamento por palavra-chave. Mas, além disso, mostra os 50 primeiros resultados da busca, o que permite conhecer o estado dos concorrentes.
  • Pro Rank Tracker: ainda que se trate de uma ferramenta paga, sua versão grátis é bastante completa e exibe o posicionamento da sua página em diferentes motores de buscas (não somente no Google).
  • Serplab: Ferramenta online e gratuita. Permite que você saiba qual é o seu posicionamento em poucos segundos e de forma ‘panorâmica’. Quer saber mais? É só se registrar na plataforma.
    serplab

Finalmente, gostaríamos de lhe suberir duas extensões para checar seu ranking no Google: uma se chama SEO SERP para Chrome e a outra é o Rank Checker para Firefox.

 

Para ter em conta de agora em diante:

Esta foi uma análise muito rápida e básica pelos conceitos que você deve conhecer sobre a otimização OFF page, em especial os relacionados a PageRank. Estas táticas para melhorá-lo, são as que estão ao alcance de suas possibilidades, e que você pode realizar agora mesmo, portanto, tenha em mente o seguinte: tudo o que você fizer para melhorar a sua reputação e autoridade, vai impactar positivamente em seu PageRank e domain authority. Lembre que gerar conteúdo relevante, de qualidade, e que faça a pessoa que decidiu citar o seu site e/ou conteúdo ficar bem, é o fator mais poderoso, já que será o motor que fará com que toda a estrutura de links comece a funcionar e crescer.

Espero que este post tenha cumprido o objetivo de ser um guia básico para entender a outra parte da estrutura de SEO. Com que você começará a sua otimização?

 

Comments

Tags: ,
Social