A MANEIRA MAIS FÁCIL DE PROGRAMAR POSTAGENS

No Facebook, Twitter, Linkedin e Pinterest


Teste agora!

Postcron é a Maneira Mais Fácil de Programar Postagens no Facebook, Twitter e Google+ Experimente Grátis

Como montar um plano de social media atualizado e efetivo

Por Camila |

Muitas empresas e negócios possuem forte presença  nas redes sociais. Entretanto, muitas delas sequer sabem, de fato, qual a estratégia seguem. Ou seja, elas não sabem dizer o porquê fazem o que fazem.

Há muito improviso. Para se ter um exemplo disso, basta observar a grande quantidade de canais no IGTV que estão sendo criados pelas marcas. Ferramenta nova, brinquedo novo. E por que isso acontece? Por duas razões: a necessidade de estar no auge das tendências e a ausência de um PLANO SÓLIDO DE SOCIAL MEDIA.

Neste artigo, veremos como enfrentar essa questão, que é primordial, para alcançar os objetivos de Marketing estabelecidos.

planodemarketing

Passos Infalíveis Para se Fazer um Plano de Social Media Atualizado e Efetivo

Primeiramente, qual é a definição de Plan de Social Media? Trata-se de um documento que descreve os principais pontos de uma estratégia em redes sociais. Ele deve estar alinhado com os objetivos do Marketing Digital e do Plano de Negócios.

E algo fundamental, que muitas vezes é ignorado: ele precisa ser integral. isto é: o plano de social media está estruturado por partes, porém cada uma delas deve estar interligada uma com a outra, como uma equipe que joga harmonicamente.

Passo 1: Diagnóstico da marca, da Web e das plataformas

Para se fazer um diagnóstico, é necessário analisar, investigar. Você precisará se fazer muitas perguntas. Vejamos:

  • A marca possui um plano geral de comunicação ou marketing?
  • Como funciona esse plano? Onde estão os problemas?
  • Há algum plano de social media em andamento? Qual o motivo que te leva a querer mudá-lo?
  • Qual seu público alvo?
  • Como seu produto é vendido, ou como seu serviço é contratado?
  • Já existe algum funil de vendas?
  • O que já foi realizado na internet até agora? Está funcionando?
  • O que se fala da sua marca na internet? Onde e o que se fala?
  • Quem é a concorrência?
  • Qual a ação da concorrência nas redes sociais? Em quais redes está presente? Como é feita?
  • Qual o diferencial desta marca com as outras do mesmo ramo?

plansocialmedia

Ainda falta uma pergunta essencial para a hora de se criar um plano de social media efetivo: Quais são os objetivos da empresa ou do negócio? É sempre necessário revisitar este ponto e atualizar a planificação, levando em consideração tal questão.

Suponhamos que um dos objetivos do negócio seja aumentar  sua cota de mercado em uma determinada área. O plano de marketing nas redes sociais precisa ser desenvolvido com esta finalidade.

É necessário deixar claro que estamos colocando somente algumas perguntas neste artigo, porém, há uma infinidade de questionamentos que podem ser feitos. Sobre a Web (Se é que a marca já tem um site) e plataformas sociais. A web está preparada para cumprir o que se espera dela? Como é o SEO?  Quais Keywords devem ser incluídas? Qual é a experiência do usuário? Em quais redes sociais a marca deveria estar presente? Por que? 

Passo 2: O Desenho da estratégia

Depois de realizadas todas as auditorias necessárias, é momento de estabelecer os  OBJETIVOS DE SOCIAL MEDIA que sejam SMART. Que nada mais é que um acrônimo.

acronimosmart

Fonte: Question Pro

Você necessita alimentar as comunidades? Gerar consciência (awareness)? Conseguir leads? Aprender mais acerca da audiência? É importante que você seja específico na hora de definir seus objetivos de Social Media. Que, além disso, sejam realistas,  quer dizer, que você não deseje coisas impossíveis (inclusive com relação ao tempo que você se proponha a atingir tais objetivos), alcançáveis, mensuráveis e dentro de um período de tempo.

De acordo com este artigo dos especialistas em  Marketing do Social Media Examiner,

O objetivo que você decida perseguir determinará quais as estratégias que você deverá adotar e as métricas de rendimento que deverão ser seguidas. Depois que tenha esta meta geral, poderá começar a identificar as metas relevantes, desenhar estratégias e criar conteúdo.

Agora sim é o momento de definir o plano de conteúdos. A primeira questão está em decidir, de acordo com vários fatores, em quais redes sociais a sua marca estará presente. Este é o momento de pensar nas novidades e armar um plano, o mais atual possível.

Observe este gráfico da Statista, um dos portais de estatísticas mais importantes da web:

estatistica

Trata-se de um ranking das plataformas sociais mais populares no mundo até  abril de 2018, segundo o número de usuários ativos. No topo do pódio está o Facebook com 2.2 bilhões, seguido do Youtube com 1. 5 bilhões, WhatsApp e Facebook Messenger, ambos com 1.3 bilhões.

Na sétima posição aparece o Instagram com 800 milhões de usuários. Talvez se esperasse uma melhor posição desta plataforma, mas de todas as formas, essas cifras não refletem todas as realidades, porém, demonstram uma clara tendência.

Uma coisa é certa, tais dados nos mostram que o Facebook deve estar entre as redes sociais utilizadas pela sua marca. Também seria possível pensar numa estratégia que envolvesse o WhatsApp ou o Youtube. Tudo depende dos objetivos, do público e de outros fatores relacionados com seu produto ou serviço.

Caso seu público não utilize o Instagram, descarte-o do seu plano. Não há necessidade de se estar nele só porque todas as demais marcas estão. Você precisa estar onde seus clientes, ou potenciais clientes estão.

Uma vez que escolha as redes sociais a se incluir no seu plano, você deverá armar sua estratégia de maneira organizada. Para isso, sugerimos que você leia nosso artigo que te fornece um checklist para defininir seu plano de social media passo-a-passo. Você também pode baixar este cheklist neste link.

Quais são as tendências a se levar em consideração na hora de manter este plano atualizado?

  • Escutar o que dizem: Realizar um seguimento do que dizem acerca da sua marca, produto ou serviço. É importante ficar de olho na concorrência. Responder todos comentários, sejam eles bons ou não. Isso não é novidade, porém, ao se ter um numero maior de usuários e redes, é  necessário não deixar de lado este ponto.
  • Transmissão ao vivo e vídeos: Sem dúvidas, o momento aposta em conteúdos de vídeo e também naqueles conteúdos ao vivo. Reafirmamos: deve-se avaliar o uso do Youtube e aproveitar os recursos de vídeo do Facebook e Instagram.
  • Influencer Marketing: Este tipo de marketing está em crescimento, apesar dos prognósticos ruins. É preciso conhecer um pouco mais sobre ele e começar a aplicá-lo.
  • Utilizar o Facebook para estabelecer um ritmo: O grande Neil Patel assim o resume:

É fácil considerar que o melhor momento do Facebook já passou. Ele existe desde 2004, toda uma vida no âmbito digital, e as notícias e tendências, muitas vezes, se baseiam no novo e no emergente.

Esse é um grande erro. O Facebook é uma plataforma para governar todas as outras plataformas. Foi, é e continuará sendo. Se você somente utiliza duas plataformas, deveria ser Facebook e outra mais. Três? Facebook e outras duas. Entende a ideia?

  • Maior comprometimento nas plataformas de mensagem: Se o uso dos aplicativos de mensagem aumenta, então devemos nos comprometer mais com eles. Por que não pensar em incorporar uma estratégia no WhatsApp?
  • Stories no Instagram: Utilizar esta ferramenta (caso o Instagram esteja incluído no seu plano) é quase obrigatório. Fazer Stories é estar na cabeça dos clientes, aumentar a quantidade de seguidores e até conseguir alguma venda.
  • Realidade aumentada: Talvez este seja o futuro das redes sociais. Com apenas um smartphone, os usuários podem aproveitar essa experiência. Lens Studio, do Snapshat já está abrindo as portas para que as marcas possam criar experiencias em RA.

Passo 3: Métrica e Avaliação

Você está implementando um plano de social media. O seu plano de social media! E nem tudo acaba por aqui. Para saber quais são os resultados, e poder fazer os ajustes necessários, você terá que fazer um seguimento minucioso de algumas métricas. Isso também é parte de um desenho de um plano de social media.

E como fazer isso? Vamos revisar rapidamente os indicadores (KPIs) mais importantes. Para tanto, recorreremos a outro expert em Marketing Digital, Juan Carlos Mejía. De acordo com sua análise, os indicadores de Social Media podem ser divididos por categorias:

Neste gráfico podem ser vistos os resumos das 3 categorias de indicadores: Conversão e Resultado, Interação e Alcance e Comunidade e Gestão.

A finalidade deste artigo não é se deter nesta questão, que merece um estudo mais aprofundado. Mas, vejamos um exemplo.

Situação hipotética: Seu objetivo é aumentar a consciência de marca (awareness). Podem ser várias as razões para se estabelecer este objetivo: Você ter perdido mercado, que você esteja tentando se lançar em um novo mercado, ou lançando novos produtos ou serviços, entre outras coisas.  

Quais métricas você irá seguir? Pois haverá uma mistura de todas as categorias de indicadores:

  • Alcance médio por post
  • Tráfego de sites advindos de meios sociais.
  • Número de seguidores
  • Número de menções de marca
  • Níveis de comprometimento (Likes, ações, comentários, respostas, etc.)
  • Porcentagem de voz (Cobertura da marca em relação à concorrência)

Muitas destas métricas podem ser acessadas utilizando ferramentas gratuitas como Facebook Insights e Google Analytics. O seguimento deve estar organizado de modo a poder ser efetivo. Quando houver algum desajuste, pode-se resolver de forma imediata. Por isso, é crucial saber o que medir e qual a frequência. 

Chegamos ao final deste artigo! Diga para gente qual sua metodologia ao se desenhar um plano de social media! Escreva um comentário!

 

 

Comments

Social